No último dia 20 de junho de 2009 completaram-se 11 anos que o Espaço Coringa realizou sua primeira ação - Espaço Coringa em 148 pés de Jaca. Do alto do morro avistávamos o mar sem vislumbrar o tanto que nos esperava.
Em seu percurso, essa vivência-exposição-grupo-ateliê-coletivo, foi capaz de abarcar a diversidade, gerar convívio, aproximar muita gente, realizar debates, discussões e construções coletivas. Foi também capaz de se transformar e se remodelar várias vezes, assumindo formas e posturas diversas, se adequando às realidades de seus integrantes, amigos, espaços e situações.
Reuniu um fazer, pensar e viver arte.
Isso tudo que foi gerado e acolhido nesse tempo, cresceu tanto que o nome (mesmo que coringa) não nos comporta mais. E hoje, 11 anos depois, encerramos nossas atividades, certos que o que foi fecundado já está gerando frutos: novos desdobramentos com suas características próprias que carregam um pouco desses ideais.

Gostaríamos de agradecer a todos que participaram, e foram determinantes na construção dessa história.

Esse Blog continuará ativo e reunirá material para pesquisa e informações históricas.

24/02/2009

PIC publicação



PIC = Palavra e Imagem na Cidade
Revista, 24 pgs, offset + tipografia + xilo + volantes.
Impresso na oficina do SESC Pompéia em janeiro de 2007.


Para baixar a versão digital (zip)
2 mb -> 72dpi
8 mb --> 300dpi

Essa publicação é parte do Projeto Aberto.
Coordenação: Espaço Coringa (Chico Linares e Guilherme Werner) + Fabiana de Barros + Pedro Palhares
Participantes: Anderson Rei, Fabricio Lopez, Matheus Giavarotti e Rogerio Nagaoka



18/02/2009

SUPERPOSER




















Exposição realizada no Atelier Presse Papier, Quebec. Verão de 2008

Domingo ensolarado antecipou a tragédia

De Espaço Coringa

Serigrafia Agosto 2008 - imagem espaço coringa, remix e impressão: Rogério Nagaoka, Chico Linares e Otávio Zanni, realizada no atelier Presse Papier , Trois Riviéres, Quebec - Canadá

13/02/2009

VITRAL

vitral


VITRAL
Instalação específica para a vitrine da galeria do SESC Avenida Paulista.
de fevereiro/2005 a março/2006 >>SESC Avenida Paulista: Av. Paulista, 119 - São Paulo SP

Teu tempo não te pertence. Teu tempo não te pertence e o brilho das vitrines te cega os olhos. A buzina dos carros é mais audível que a tua fala. Banners, flyers, folders, papers, proprietários da paisagem encurtam o horizonte de uma cidade que de tão grande, ficou minúscula. Sem espaço de manobra. Os meios de comunicação fazem esforços redobrados para manter-se transparentes. Tentando ser invisíveis, te fazem transparente. VOCÊ E TODA A SUA FAMÍLIA. A TV não é verdadeira nem quando está desligada. Corre, então, corre. Teu tempo não te pertence. Corre. Pra quem? Pra quem você corre? A mais paulista das avenidas é uma avenida como outra qualquer: o carro a domina, a vitrine a reflete, a propaganda a enfeita. Do alto antenas propagam o consenso. Na rua se entrevê mesmice na novidade. VITRAL é uma reflexão translúcida sobre a normalidade.

Realizacão : Espaço Coringa e Associação Cultural Jatobá - AJA - Coordenação: Anderson Rei e Chico Linares. 
Participantes fase 1: Guilherme Werner, Matheus Giavarotti, Rogerio Nagaoka, Fabricio Lopez, Flávio Castellan, Daniel Manzione. 
Participantes fase 2: Guilherme Werner, Matheus Giavarotti, Rogerio Nagaoka

11/02/2009

Crônicas de Intervalo


Video de Anderson Rei - 2004, performances de Fabrício Lopez, Suiá Ferlauto e Rogério Nagaoka - realizado durante o projeto Elétrica Documentacão Poética do espaco coringa (2002) - em Paranapiacaba / São Paulo

Notas sobre o porto


um vídeo de Anderson Rei e Daniel Manzione - São Paulo / Santos - 2003

FAIXAS - Palavras na Cidade


Uma ação coletiva do espaço coringa no cotidiano da cidade, realizada em outubro de 2006, durante o Projeto aberto.

Projeto Aberto
Coordenação: Espaço Coringa (Guilherme Werner e Chico Linares), Fabiana de Barros e Pedro Palhares.
Participantes: Anderson Rei, Fabricio Lopez, Matheus Manzione, Rogerio Nagaoka.


09/02/2009

Cameras Obscuras




Oficina Câmeras Obscuras - realizada em 2008- São Paulo

Lambe Lambe




O projeto Lambe-lambe é uma ação coletiva que reúne artistas visuais, poetas e cidadãos, tendo a xilogravura e a tipografia como meio e a cidade como assunto. Os artistas participantes desenvolveram cartazes, que foram colados em diversos pontos das ruas de São Paulo e outras cidades do Brasil, além de Havana – Cuba, Los Angeles – EUA Quebec - Canadá e Paris – França. O Lambe-lambe é realizado em parceria com o Ateliê Piratininga.

>> Veja o site do projeto : http://www.artebr.com/lambelambe/

coordenação Fabrício Lopez e Ernesto Bonato
vídeo : Anderson Rei e Pedro Palhares
Brasil - SP / 2005

Meio Lab na Chuva


Meio Lab na Chuva





1/2LAB projeto colaborativo multimídia.

Vídeo, desenho ao vivo, retrato, efeitos óticos, música e poesia se misturam em tempo real projetados no espaço. Como resultado, um espetáculo visual e sonoro dinâmico, imprevisível e coletivo se desenrola. Alta e baixa tecnologia se encontram em uma plataforma composta de retroprojetores, datashows, câmeras de vídeo, computadores e outros aparatos ao som de música ao vivo, samples gravados e microfone aberto.

Em São José dos Campos 2007 - durante a mostra SESC de Artes / Circulacões - Meio Lab composto por: Anderson Rei, Chico Linares, Gavin Adams, Guilherme Werner e Marcos Muzi - produção Nexo Cultural realização :espaco coringa / associação Cultural Jatobá AJA - SESC SP, para mais informacões sobre o projeto visite : meiolab.wordpress.com/

Pra quem você corre ?


Pra quem você corre ? from cavalcanterei on Vimeo.

sobre

:: CARAS E COROAS ::

:: DÉBITOS E CRÉDITOS ::

:: OFERTAS E DEMANDAS ::

:: ATIVOS E PASSIVOS ::

:: MÓVEIS E IMÓVEIS ::

:: ÔNIBUS E CARROS ::

:: COLETIVOS E PARTICULARES ::
:: RECEBIDOS E ENVIADOS ::

:: PÚBLICOS E PRIVADOS ::

FINS E MEIOS DA CIRCULAÇÃO DE HOMENS, MULHERES

E MERCADORIAS NA CIDADE DE SÃO PAULO


"Pra quem você corre?"

Um vídeo (15 min.) realizado durante o projeto

Itinerários no Centro Cultural da Juventude – CCJ
Realização : Espaço Coringa / Aja - Associação Cultural Jatobá.
Coordenacão : Anderson Rei e Daniel Manzione